K2-18B: a descoberta de um novo planeta habitável

O Reino Unido anunciou na última quarta-feira, 11 de setembro, a primeira descoberta de água em um planeta localizado em zona habitável, ou zona de Goldilocks, uma região do espaço ao redor de uma estrela onde o nível de radiação emitida por ela permite a existência de água líquida, sem que os oceanos fervam.

O planeta recentemente descoberto é habitável e conhecido como K2-18B, e pode ter até metade da sua superfície formada por água.

Um ano por lá é equivalente a 33 dias, a duração de uma volta em torno de sua estrela, Anã, localizada na constelação de Leão.

As estrelas Anã são um grupo de estrelas que apresentam como principal característica o seu processo de produção de energia, que se dá a partir da fusão de prótons. O Sol é um exemplo de estrela Anã.

Cientistas têm visões muito promissoras da descoberta, pois o estudo de planetas semelhantes à Terra nos ajudam a entender como foi a nossa evolução e adaptabilidade, afinal um exemplo são as bactérias, que podem sobreviver a condições diferentes às da Terra.

Na próxima década, o plano é enviar dois novos telescópios ao espaço para estudar os planetas já encontrados e também procurar por outros. No caso do planeta K2-18B, segundo cientistas, levaríamos bilhões de anos para conseguir chegar.